24 julho 2006

Never send a human to do a machine's job.

Já faz algum tempo que eu conheço o last.fm e por alguns meses até esqueci que estava utilizando seus serviços "sem querer" pelo plugin instalado em meu Winamp. Mas só recentemente comecei a usar de verdade os serviços mais interessantes - como as rádios online disponíveis, por exemplo.

Pra quem não conhece, o last.fm é uma mescla de rádio online com social networking que funciona muito bem e é uma aplicação útil para o conceito de redes de amigos (e não o desperdício de tempo que são coisas como o orkut). Você instala um plugin em seu tocador de música e o servidor deles vai formando o seu perfil musical e pode fazer perfis musicais, dizer quem são seus "vizinhos musicais" e formar rádios personalizadas de acordo com seu gosto.

Nesses últimos dias, com um pouco mais de tempo livre, tenho ficado bastante tempo escutando música quando estou em casa e hoje finalmente "caiu a ficha": o last.fm é a melhor coisa que aconteceu à música desde os tempos áureos do AudioGalaxy. O sistema consegue fazer recomendações e montar uma rádio a seu gosto muito bem, muito melhor que qualquer outra pessoa conseguiria provavelmente.

Resolvi então testar os serviços pagos. Por uma pequena doação mensal de 3 dólares você tem acesso à uma rádio personalizada só com as músicas que você já escutou e outra com as músicas que você "amou" (tem um recurso no player deles pra enviar essa informação pro servidor). Além disso, como assinante, você tem direito a ver essas mesmas rádios de outras pessoas. Então se você quer dar uma ouvida nas músicas de algum amigo seu - por curiosidade mesmo ou qualquer outro motivo - você faz isso com um clique no mouse. Tudo que você precisa é ter uma conexão decente pois as streams são de alta qualidade (128kbps).

Estou realmente impressionado com a qualidade da "personal radio" provida pelos meros 3 dólares mensais. É como se você tivesse boa parte das músicas que você gosta em qualquer lugar do planeta em que exista uma conexão de banda larga disponível pra você.

Além disso, pra quem gosta de descobrir coisas novas, é bem legal. Enquanto eu escrevo esse post, acabei de descobrir uma música nova que gostei enquanto escuto a rádio de um vizinho musical (só pra constar, a música é: Ladytron - Destroy Everything You Touch). Tudo isso é feito sem intervenção humana direta. O "cérebro" do last.fm aprende de acordo com o que você escuta e com o que as outras pessoas escutam e no final faz recomendações relevantes.

Hoje ainda fiquei conhecendo outros recursos legais para artistas independentes. Você pode comprar exposição nas rádios do last.fm. Isso é algo comum e acontece em qualquer rádio. O que faz dessa forma de promoção da banda no last.fm muito mais interessante e provavelmente efetiva é que você pode escolher quem vai escutar, então sua propaganda é completamente direcionada - só vai pra quem gosta do seu tipo de música. Bem legal.

Eu poderia continuar falando mais várias e várias coisas mas vou parar por aqui pois daqui a pouco vão desconfiar que estão me pagando pra escrever isso. ;-)

Mas pra quem realmente gosta de música, tem banda larga e não é muito pão-duro (3 dólares são uns só 7 reais por mês) eu recomendo contratar o serviço. Principalmente quem já gosta dos recursos gratuitos do last.fm. Pra quem é pão-duro de verdade, o serviço gratuito já é bom o suficiente.

PS: essa listagem das músicas que aparece ao lado nesse blog é um dos recursos gratuitos do last.fm.

8 comentários:

  1. Eu até concordo com tudo o que você falou, mas desde que mudaram o site o sistema de recomendações está um tanto quanto estranho; ele já me recomendou, entre outras aberrações, Boyzone, The Smiths e Anastacia.

    ResponderExcluir
  2. Opa... Concordo também, e não acho que o sistema de recomendações está esquisito... Mas eu não me logo no site a muito tempo. A propósito, o plug-in do winamp eu também não conhecia, mas acabei de pegar... Acho que vou curtir melhor o last.fm desse jeito.
    Falow! Ahn... E não sei se você ainda lê os posts antigos, eu não vou postar no antigo, mas, eu tb odeio fortran.
    O professor que disse que gostava de fortran não sabia programar nele... Como alguém poderia gostar daquilo?

    ResponderExcluir
  3. bom... aquela "recomendation radio" está muito boa, ao menos pra mim. a "neighbour radio" é que é ruim e sempre foi.

    agora... o negócio bom mesmo é você escutar a "personal radio" dos seus vizinhos musicais. mas isso só pra quem é subscriber...

    o programinha novo do last.fm ficou muito bom, acho que vale a pena de verdade usá-lo. o mais legal é que é tudo multi-plataforma. não sei se vc tá usando o plugin antigo ou o programinha novo (eu recomendo o novo!).

    ResponderExcluir
  4. João Batista25/7/06 14:05

    cara, onde foi que você consegui o plugin do winamp?
    não achei nem no site do last.fm nem no site do winamp.com
    ja conhecia o serviço, mas conhecia o plugin..
    me manda um e-mail dizendo onde eh que eu baixo isso.
    batistafilho@gmail.com
    obrigado!
    flws!

    ResponderExcluir
  5. Quando você baixa o software do last.fm disponível no site ele já vem com suporte ao Winamp incluído. Na verdade, na instalação, ele tenta detectar todos os players que existem na sua máquina para os quais ele tem suporte. Se, por exemplo, você também tiver o iTunes instalado, ele funciona pra ele também.

    O link pra baixar o software do last.fm é: http://www.last.fm/tools/downloads/

    Nesse link estão disponíveis as versões para todos os sistemas operacionais suportados.

    ResponderExcluir
  6. [[dbalieiro]]23/8/06 06:25

    [>][o meu last.fm [software] deixou de sincronizar hoje de noite, alguém sabe o que pode estar acontecendo [nada de problemas com o firewall ou cpoisa parecida [...] já tentei desinstalar o plugin, o software [to quase desinstalando totalmente meu winamp e perdendo toda a config [complicada] de vários plugins, pq o last.fm parece ser a coisa mais louca que a net gerou, realmente pode ser o que eles chamam de "The Social Music Revolution", pq agente pode deixar de estar influenciado pela media para ser influenciado pelas outras pessoas, no que diz respeito a conhecer música nova, o que [se temos sorte] pode matar os selos que se dedicam a fazer merda]
    [>][bom, de qualquer forma, por favor, se alguém sabe o que pode estar acontecendo com meu last.fm [soft][...] ]

    [>][um abraço]
    [[dbalieiro]] @[ dbalieiro@gmail.com ]

    ResponderExcluir
  7. você já experimentou pandora.com? e' uma radio online, voce pode criar várias estações de rádio, uma pra cada estilo de música que você gosta. eles tocam as músicas dos caras que você escolheu, mas também escolhem outras músicas parecidas, que tem as mesmas qualidades sonoras (eles chamam lance deles de "music genome project"). e' muito legal e é de graça. é uma ótima maneira de se descobrir músicas/grupos interessantes. o endereço é www.pandora.com

    ResponderExcluir
  8. O pandora.com também é legal, mas eu ainda prefiro o serviço do last.fm porque é mais interativo (principalmente quando você é assinante). Mas de vez em quando eu uso o pandora também, a idéia também é bastante legal.

    Quanto a problemas com o plugin, eu tive isso uma vez e a solução que arrumei foi desinstalar e reinstalar tanto o Winamp quanto o last.fm e depois tudo funcionou beleza.

    ResponderExcluir